segunda-feira

O Rei piedoso


O Rei piedoso

Então o Rei resolveu visitar os mendigos que viviam fora do seu reino desacompanhado da sua guarda real. Eles eram criminosos que haviam sido banidos, eram rudes, agressivos, estavam imundos e cobertos de chagas. Mas o rei se afeiçoou por eles apesar do estado deplorável em que se encontravam e pôs sobre alguns deles a sua capa, a sua coroa, seu anel, ofereceu-lhes o seu perdão e os chamou de meus irmãos e amigos, convidando-os para irem viver de forma digna no seu reino. Mas ele foi hostilizado, o saquearam e surraram até a morte.

Mas, para espanto de todos, o Altíssimo fez com que o rei revivesse alguns dias depois. Ele reassumiu seu trono e agora todos sabem que ele é um Rei temível. Diante disso alguns dos mendigos atenderam ao seu chamado antigo e arrependidos o seguiram. Eles foram perdoados e tiveram sua integridade humana plenamente restaurada. Outros decidiram ficar e praguejando contra o Rei formaram milícias que constantemente fazem ataques contra o reino do Rei piedoso e contra seus súditos. Mas um dia terão que enfrentar a justa resposta pelas suas provocações e agressões e a sua milícia será totalmente destruída quando o Rei manifestar a sua ira.