domingo

Paganismo cultural e redenção da cultura como cumprimento do mandato cultural

Você sabia que o termo "hermenêutica" é derivado do nome do deus grego Hermes, que no panteão grego era o mensageiro e por isso era cultuado como o deus das estradas e das viagens, o patrono dos eloquentes, dos diplomatas e dos ladrões e que, apesar da sua origem notadamente pagã, os teólogos, pregadores e seminários não se constrangem em adotar sua nomenclatura para nomear uma ciência para os estudos da Bíblia?


Você sabia que o termo grego "Logos" foi cunhado pela filosofia grega para tentar explicar a criação do universo dentro da sua cosmovisão pagã e politeísta e que posteriormente esse termo foi absorvido no Novo Testamento, especialmente pelo Evangelista e Apóstolo João, para explicar quem é Jesus?


"No princípio era o Verbo (Logos), e o Verbo (Logos) estava com Deus, 
e o Verbo (Logos) era Deus."  (João 1, 1)

Você sabia que as festas antigas descritas no Antigo Testamento, como a de Pentecostes, eram celebrações praticadas também por outros povos contemporâneos à Israel (mas com outros nomes) bem antes da regulação da Lei de Moisés e que estavam relacionadas com as épocas do ano e com suas colheitas?


A festa de Pentecostes no Antigo Testamento:


Você sabia que a marca esportiva "Nike" é uma referência à deusa grega Nike (ou Nice) e que o seu logotipo é uma estilização da asa dessa deusa alada e que apesar disso 100% dos crentes que possuem um tênis dessa marca não se sentem minimamente constrangidos de usar um nome pagão em seus pés?



Você percebeu que apesar de a igreja de Corinto ser bastante influenciada por uma cultura plural, pagã e repreensível, inclusive na forma como cultuavam a Deus, adotando práticas que não faziam parte da prática cristã, ainda assim o Apóstolo Paulo chamou aquelas pessoas de "meus irmãos" e em lugar de desqualificá-las por causa das suas práticas claramente sincréticas e repreensíveis, Paulo os corrigiu sem desconsiderá-los como cristãos?


“Paulo (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus), e o irmão Sóstenes,
À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: Graça e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.”

(1 Coríntios 1:1-3)

Você sabia que os filmes e gibis que nos entretêm têm forte influência de paganismo visto em idealizações de homens e mulheres endeusados como os personagens Thor (um deus nórdico cultuado no passado), Hércules (um semideus grego), Gandalf (um bruxo), Super-Homem (um "tipo" de Messias), Mulher-Maravilha (uma semideusa) etc




Você sabia que todo o mundo e as diversas culturas humanas estão naturalmente mergulhadas nas trevas do desconhecimento de Deus por causa da perversidade e obscuridade do pecado e que por isso tudo o que a humanidade criou antes de receber a luz do Evangelho, e que herdamos em culturas que foram formadas ao longo de milênios, é fruto do paganismo?

Você sabia que nós cristãos estamos no mundo, mas não pertencemos mais a este mundo (João 17) e que não fomos chamados pelo Senhor para vivermos à parte deste mundo enquanto aqui estivermos, como que em bolhas cristãs, isolados, mas em vez disso fomos chamados para ser "sal da terra e luz do mundo" (Mateus 5: 13, 14), misturando-nos ao mundo e iluminando-o com a Graça do Evangelho que nos foi dada, dando também novos significados a culturas estabelecidas, redimindo também os símbolos, os significados, as artes, os costumes, os ritmos, a diversidade de cores e mesmo a diversidade de crenças (como Paulo nos mostrou no Areópago - Atos 17: 16 - 32) - como fizeram com os termos logos, hermenêutica, com as festas pagãs antigas (ou as atuais) e redirecionar todas as coisas para o seu propósito maior: a Glória de Cristo.

Não meu caro, não fomos proibidos de tocar as coisas, de comer o que os outros comem, de celebrar... (Colossenses 2: 16 - 23), pelo contrário, fomos convocados a dizer que na verdade tudo deve ter um significado pleno por meio da redenção (inclusive da cultura - no Céu haverá diversidade dela! - Apocalipse 7: 9), fazendo tudo para a Glória de Deus - 1 Coríntios 10: 31.