quarta-feira

BISPO PREVÊ FIM DA IGREJA

Dirigente da Igreja Cristã Nova Vida, uma igreja que abriu caminho para o modelo neopentecostal brasileiro, aponta as deficiências no movimento evangélico brasileiro e chega a prever o fim da igreja – não o corpo místico de Cristo, que segundo ele “nunca falirá”, mas o atual conceito de igreja no Brasil. “A Igreja Evangélica hoje não cresce, incha. A diferença é que um corpo, quando cresce, mostra saúde; já o inchaço é sintoma de alguma doença”, aponta.
Como outros indícios desse mal, o bispo aponta a superficialidade, o mundanismo, a falta de ética e a corrupção. “Aliás, no que tange à corrupção do mundo secular, ela em pouco difere da que se alastra nos meios cristãos”, lamenta.

Leia a matéria na integra em:
http://cristianismohoje.com.br/ch/observador-do-seu-tempo/

Fonte: Cristianismo Hoje